7 dicas para a tecnologia não atrapalhar a relação médico-paciente

Medical physician doctor woman writing prescription taking notes in office and patient.

As novas tecnologias não podem atrapalhar o relacionamento entre médico e paciente

Muitos fatores podem preju­dicar a relação do médico com o paciente. Com o avanço das novas tecnologias, existem cada vez mais novos medica­mentos, exames e softwares que facilitam a vida de toda a equi­pe de saúde e também ajudam a reduzir gastos no consultório. Mesmo com tantas facilidades adquiridas, muitos pacientes, contudo, sentem falta de uma atenção maior do médico na hora do atendimento. Devido ao uso do computador, uma distân­cia entre médico e paciente pode surgir no momento da consulta.

Um estudo feito pela American Medical Association (AMA) mostra que os médicos passam 37% de seu tempo em apare­lhos eletrônicos enquanto aten­dem seus pacientes. Pensando nisso, o DOC Academy preparou uma lista especial com sete dicas importantes para impedir que a tecnologia atrapalhe o relacio­namento médico-paciente. As orientações são adaptadas do ar­tigo 7 tips to stop technology from damaging the patient experience, publicado na revista Medical Economics. Leia a seguir:

LEIA MAIS: 5 dicas para garantir tranquilidade jurídica de sua clínica ou consultório

1 – Olhe e ouça o paciente que está a sua frente

Para que haja uma boa relação no momento da consulta, é preciso que o médico tenha tempo disponível e se dedique a escutar o paciente e seus problemas e necessidades. Deixe um pouco a tecnologia de lado pelo menos por um tempo e se dedique ao paciente. Olhar no olho é muito importante porque mostra interesse no que está sendo falado. Os pacientes se sentem deixados de lado quando não há contato visual.

2 – “Envolva” o computador na consulta

Deixe sempre seu computador bem posicionado, de maneira que fique amigável ao pacien­te. O computador não deve ficar em um canto como se estivesse escondido, mas sim po­sicionado como se fosse a terceira pessoa da conversa. É muito frustrante para o paciente que o médico não fique de frente a ele por estar usando o computador.

3 – Não troque o paciente pelo computador

Se for necessário o uso do computador ou celular, peça permissão ao pacien­te e explique o que você está fazendo. Enquanto estiver digitando, converse com ele. Assim, você acaba diminuindo a sensação de distância que ele possa sentir. O paciente quer sentir interesse vindo do médico.

LEIA MAIS: 7 pontos para trabalhar o feedback com sua equipe

4 – Observe como os seus dedos lidam com as teclas

Sempre tente melhorar suas habilidades de digitação, pois isso o torna mais eficiente. Além disso, há uma melhoria na experiência do paciente durante consulta. Afinal, enquanto estiver digitando, você fará contato visual com ele, o que é um fator de suma importância, aproveitando melhor o seu tempo.

5 – Priorize o essencial e adie o que pode ser adiado

Delegue tarefas a seus funcionários para você passar mais tempo com seus pacientes. A primeira pessoa que terá contato com o paciente é a recepcionista. Muitas informações de uma ficha médica, por exemplo, ela mesmo pode completar, poupando – e muito – o seu tempo. Caso o responsável seja você, deixe para colocar na ficha as informações menos essenciais após a consulta.

LEIA MAIS: 5 dicas para organizar a mesa do consultório

6 – Esclareça usando a tecnologia a seu favor

Use a tecnologia para aprimorar a consulta. Computadores não precisam ser apenas para a entrada de dados. Informações muito úteis podem ser mostra­das na tela, como, por exemplo, raios-X realizados ou esquemas explicativos sobre uma cirurgia a qual o paciente está se preparando para se submeter.

7 – Guarde suas “reclamações tecnológicas”

Não reclame. Não importa o quão frustrantes computadores podem ser: guarde esses sentimentos para você. Do contrário, isso enfatiza ainda mais a tecnologia e tira de você o foco da discussão. Os pacientes não vão ao seu consultório para ouvir suas reclamações. Isso só faz eles ficarem mais frustrados.



Categorias:Carreira Médica, Listas

Tags:, , ,

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.